Dicas para envelhecer com saúde e independência

130

O Brasil tem 28 milhões de pessoas com 60 anos ou mais, é a quinta maior população idosa do mundo, o que aumenta a preocupação sobre como envelhecer com saúde. Para isso, é necessário investir em três pilares básicos: o bem-estar físico, mental e social.

O Ministério da Saúde, por exemplo, propõe um conjunto de ações para melhorar a qualidade de vida na terceira idade, a fim de que cada pessoa consiga se cuidar e envelhecer com saúde. Com essas medidas, é possível monitorar e identificar fatores como:

Capacidade funcional – que é a habilidade que você tem de realizar as atividades do seu dia a dia;
Condições de saúde – as ocorrências na sua saúde que se apresentam de forma mais ou menos persistentes e que precisam de algum tipo de atenção;
Hábitos de vida – como alimentação, prática de exercícios físicos e mentais, trabalho e hobbies;

Atitudes que ajudam a envelhecer com saúde

Além do acompanhamento médico, é importante adotar algumas medidas diárias que ajudarão você a envelhecer com saúde e a manter a independência na terceira idade. São medidas que visam o bem-estar físico, mental e social.

Alimentação – a má alimentação pode levar a complicações como infarto, diabetes, AVC e hipertensão. Essas doenças crônicas são responsáveis por 72% das mortes no Brasil. Por isso, é importante investir em alimentos naturais e evitar o consumo de produtos muito processados (como biscoitos, refrigerantes, enlatados, comidas pré-preparadas, embutidos etc.), que são ricos em sódio e conservantes.

Exercícios físicos – uma rotina de exercícios físicos desenvolve as funções motoras, o equilíbrio, a força, o fôlego, a resistência e a flexibilidade. Exercícios de baixo impacto, como caminhadas, hidroginástica e natação, normalmente são as práticas mais indicadas para a terceira idade. Mas é preciso consultar sempre um médico para fazer uma avaliação criteriosa da atividade física mais indicada.

Vacinação – devido a alterações no sistema imunológico, idosos são mais suscetíveis a doenças infectocontagiosas. Por isso, para envelhecer com saúde, você também deve estar atento ao calendário de vacinação. O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), oferece vacinas para a população idosa, tais como: Hepatite B, Febre amarela, dT (difteria e tétano), Influenza e Pneumocócica 23.

Descanso e lazer – a saúde psicológica é fundamental para o equilíbrio físico e mental. E uma das formas de mantê-la na terceira idade é ter momentos de descanso e lazer. Procure atividades como aulas de dança, trabalhos manuais etc. Enfim, algo que estimule, proporcione prazer e que não vire uma obrigação chata.

Inserção social – manter contato com os amigos e ter uma rotina participativa na família e no círculo social é importante para o bem-estar social e para garantir um envelhecimento saudável.

Além disso tudo, os idosos precisam tomar cuidado com a saúde e prevenir o aparecimento de doenças. Se, por um lado, alguns problemas de saúde têm um fator genético, por outro, a exposição a fatores ambientais são decisivas para seu aparecimento e desenvolvimento.

O médico pode ajudar bastante no processo de envelhecimento saudável, pois ele saberá avaliar a condição clínica, indicar o que deve ser evitado para você não correr riscos e fazer o acompanhamento necessário para que seja possível envelhecer com saúde.

Esta entrada foi publicada em Saúde, saúde mental e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


três − = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>