Doação de Sangue

downloadA necessidade de sangue é constante. Transfusões de sangue fazem a diferença entre a vida e a morte para centenas de pacientes todos os dias.
Sua contribuição é muito importante para mantermos o estoque necessário às necessidades dos hospitais que atendemos.

Não é preciso um motivo especial para doar sangue. Não importa a razão, após a doação você se sentirá bem sabendo que ajudou alguém.

PARA DOAR SANGUE VOCÊ DEVE:
• Portar documento oficial de identidade com foto (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação);
• Ter entre 16 e 69 anos de idade*, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos;
• Pesar acima de 50 quilos;
• Estar em boas condições de saúde;
• Estar alimentado, porém tendo evitado refeições pesadas (gordurosas) nas 3 horas que antecedem a doação.
*Obs: Os doadores menores de 18 anos devem levar cópia simples de seu documento de identidade, do responsável legal e preencher a autorização para doação de sangue no momento da doação.
Se acompanhado por um adulto levar a autorização assinada pelo responsável legal com a cópia do documento de ambos.

PARA DOAR SANGUE VOCÊ NÃO DEVE:
• Ter risco acrescido para doenças transmissíveis pelo sangue (usuário de drogas injetáveis e inalatórias, prática de sexo não seguro e vários parceiros sexuais ou ser parceiro sexual de portadores de Aids ou Hepatite).

QUAL O INTERVALO ENTRE AS DOAÇÕES?
• Homens podem doar a cada 2 meses, até no máximo 4 vezes no período de 12 meses.
• Mulheres podem doar a cada 3 meses, até no máximo 3 vezes no período de 12 meses.

ANTES DA DOAÇÃO:
• Trazer documento de identidade oficial com foto (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação);
• Vir alimentado, porém evitar refeições pesadas (gordurosas);
• Tomar 2 copos de água;
• Trazer a receita médica dos medicamentos adquiridos em farmácias de manipulação;

DURANTE A DOAÇÃO:
Cadastro
Com documento oficial de identidade com foto (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação) em mãos é preenchida uma ficha com seus dados pessoais e endereço atualizado.

Pré-triagem
Verificação da pressão arterial, pulso, temperatura, peso e hematócrito, aonde coleta-se uma gota de sangue para verificar a quantidade de hemácias, atestando se a pessoa está anêmica ou não.

Triagem clínica
A avaliação é completada pela entrevista individual, confidencial e sigilosa feita por um profissional da área da saúde de nível superior (médico ou enfermeiro).
O candidato deve estar consciente que não deve esconder doenças que já teve ou aspectos de seu comportamento sexual. A sinceridade neste momento é fundamental para avaliar se a doação pode trazer riscos para ele ou ao receptor.
É importante informar comportamento de risco para doenças transmissíveis pelo sangue e se está na chamada “janela imunológica”, (período em que o vírus da doença está no organismo mas ainda não pode ser detectado pelos testes).

Doação
A coleta é feita por técnicos de enfermagem e todo o material é descartável. O sangue é coletado em uma bolsa plástica estéril que seguirá para o laboratório de processamento, enquanto uma pequena amostra deste sangue seguirá para exames laboratoriais obrigatórios. A liberação deste sangue se dará somente após os resultados dos exames.
A quantidade de sangue a ser coletado não ultrapassa 500ml, sendo que aproximadamente 450ml são para doação e 45ml para testes laboratoriais.

images

APÓS A DOAÇÃO:
• É oferecido um lanche para auxiliar na reidratação;
• Ingerir muito liquido durante o dia e fazer as refeições;
• Evitar carregar peso e exercícios no dia da doação;

TIPOS DE DOAÇÃO:

Sangue total
É o tipo mais comum de doação e o tempo de todo o processo é de aproximadamente 50 minutos;
A doação propriamente dita não ultrapassa 15 minutos;
Após a doação o sangue é processado e separado em até quatro componentes: concentrado de hemácias, plasma, concentrado de plaquetas e crioprecipitado;
Homens podem doar a cada 2 meses, até no máximo 4 vezes no período de 12 meses;
Mulheres podem doar a cada 3 meses, até no máximo 3 vezes no período de 12 meses.doe sangue

Plaquetas
Doação de plaquetas por aférese é um processo no qual o sangue é retirado da veia do doador e as plaquetas são separadas e extraídas, através de um kit descartável, por uma máquina;
Pacientes com câncer, em tratamento com quimioterapia ou com doenças hematológicas têm maior necessidade deste hemocomponente;
O processo para doação é de aproximadamente 90 minutos;
O intervalo mínimo para a doação é de 48 horas, no máximo 4 vezes por mês e 24 vezes ao ano. As plaquetas têm função importante na coagulação do sangue;

Aryã Vassura

Esta entrada foi publicada em Dicas de beleza e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− sete = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>