Estomatite Infantil

downloadEstomatite é uma infecção viral bastante comum em crianças que provoca várias aftas na boca e garganta, causando muitas vezes grande desconforto e dor. Apesar disto, geralmente não há motivos para maior preocupação.

A estomatite é um quadro provocado normalmente por um vírus chamado Herpes simples – HSV-1 – ou pelo Coxsakie, causador de um quadro conhecido como Doença mão-pé-boca, caracterizada por pequenas lesões nestas partes.
Apesar de atingir pessoas de ambos os sexos e de qualquer idade, é na criança que seus sintomas são mais sentidos, porque causam febre, irritabilidade e falta de apetite, gerando enormes preocupações em seus pais.
Dois a cinco dias após o contato (período de incubação) com outro alguém com esse quadro (através de pele ou mucosas), começam alguns sintomas gerais como:
• Mal estar;
• Falta de apetite;
• Dificuldade ou dor para engolir sólidos e até líquidos
• Febre. ( até 40 graus Celsius)

As lesões
As feridas são pequenas (de 1 a 5 milímetros de diâmetro), acinzentadas ou amareladas no centro e avermelhadas por fora. Sua gravidade e localização depende muito do tipo de vírus que está provocando a estomatite.
As lesões podem aparecer na gengiva, na parte interna das bochechas, no fundo da boca, nas amígdalas, na língua ou no céu da boca. As gengivas podem ficar ainda inflamadas e sangrar facilmente.

Tratamento
O tratamento da estomatite deve levar em conta os sintomas gerais. A primeira coisa para lembrar é que, como é uma infecção causada por vírus, antibióticos não fazem efeito nenhum. Analgésicos e antitérmicos podem ajudar a diminuir a dor e a febre. Neste caso, procure seu pediatra para orientá-la.
A limpeza da boca, mesmo com sangramentos, pode e deve ser tentada. Se não for aquela tradicional com escovação e pasta de dente, pelo menos alguma tentativa para manter o ambiente bucal menos propício para o desenvolvimento de infecções com agravação do quadro inicial.

Dica
Embora a criança não tenha vontade de beber nada por causa da dor ao engolir, é importantíssimo mantê-la hidratada. Tente oferecer bebidas mais frias, não ácidas e não gasosas — água, milk shakes ou sucos diluídos (de maçã, por exemplo) são boas opções. A desidratação pode aparecer rapidamente em crianças pequenas.
Procure dar alimentos mais frios também, como sorvete e iogurte, e comidas menos temperadas, como macarrão só na manteiga ou com azeite e purê de batata ou mandioquinha.
Evite alimentos ácidos (laranja, abacaxi, tomate, morango, kiwi, limão) ou muito temperados (sal, pimenta, alho).

Aryã Vassura

Esta entrada foi publicada em Dicas de beleza e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


6 × sete =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>