GESTAÇÃO: beleza em evidência

GESTAÇÃO: beleza em evidência

O período da gestação, deixa a mulher ainda mais radiante! Confira quais rotinas de beleza são permitidas para as gestantes.

Sentir-se linda e estar com a autoestima elevada é uma delícia, mas existem certos momentos da vida em que o uso de produtos ou procedimentos merece atenção especial, por exemplo, durante a gravidez. É preciso tomar cuidado para que os produtos químicos utilizados são afetem o desenvolvimento do bebê. Confira o que diversos dermatologistas têm a dizer sobre a beleza da mulher durante a gestação.

O aconselhável, segundo a dermatologista Cristiane Dal Magro, é que a futura mamãe tenha o acompanhamento de um médico dermatologista desde o início da gestação, para receber orientações preventivas e cuidados específicos: “O primeiro trimestre da gestação é o que requer mais observações quanto ao uso de produtos na pele e nos cabelos, pois é nessa época que os órgãos do bebê estão se formando”, afirma a especialista.

TINTURA, LUZES E PROGRESSIVA

GESTAÇÃO: beleza em evidência

 

Os médicos não aconselham o suso de tinturas em gestantes, pois não se sabe o quanto o produto pode se concentrar nos fios e ter um efeito cumulativo sobre o bebê. Algumas tinturas podem conter metais pesados em sua fórmula ou, até mesmo, outros componentes tóxicos. “As tintas de cabelo contém produtos químicos que são absorvidos pelo couro cabeludo e incorporados à corrente sanguínea, portanto, são compartilhadas com o bebê através do cordão umbilical. Esses produtos químicos não são saudáveis ao feto”, explica o ginecologista Henrique Oti Shinomata.

Os componentes  químicos presentes nas escovas progressivas agem da mesma forma, especialmente as que contém formol, e podem provocar fortes reações. Por isso, também não são recomendadas  durante a gestação.

A grávida também deve fugir de alisamentos ou qualquer outro produto químico, principalmente durante os três primeiros meses de gravidez, quando há maior risco de má-formação do feto. A cabeleireira  Rosa Maria Mendes, Rio de Janeiro, lembra que já existe um batom de retoque de raiz para emergências, que sai com apenas uma lavagem. “Após o primeiro trimestre, os xampus tonalizantes e tinturas naturais como a hena, estão liberados. Também autorizo as luzes e reflexos depois da 12ª semana, se a aplicação não pegar os fios desde o couro cabeludo”, afirma Caroline de Souza, ginecologista.

Durante a gestação, os hormônios exercem efeitos imprevisíveis sobre os fios. Cabelos lisos podem se tornar crespos e vice-versa. Mas não há com o que se preocupar. Esse é um processo normal e reversível.

SOL E PROTETOR

GESTAÇÃO: beleza em evidência

É possível, sim, tomar sol durante a gestação, uma vez que sejam respeitados os horários: antes das 10h e após às 16h, sempre com o uso de filtro solar. Para pacientes que tem manchas na face – especialmente na testa e nas bochechas –  e linha nigra ( linha mais escura, presente entre umbigo e a pélvis ), recomenda-se o uso de protetor solar fator 20, em dias nublados.

Por falar nele, o filtro solar também pode e deve ser usado diariamente para proteger a mamãe de doenças de pele. Porém, é sempre bom consultar um dermatologista para avaliar a reação do corpo ao uso de cada um dos produtos, visto que podem ocorrer mudanças no período gestacional e cada pessoa pode reagir de uma forma diferente.

PERNAS E PÉS INCHADOS

GESTAÇÃO: beleza em evidência

 

É muito comum que as pernas e os pés da gestante inchem, tanto por causa do peso, quanto por eventuais dificuldades de circulação sanguínea. O mais indicado para o período é evitar  salto alto, abusar dos calçados confortáveis e repousar no meio do dia. O  ideal é que a gestante eleve as pernas por 1 hora, 3 vezes ao dia ( 1 hora pela manhã, 1 hora à tarde e 1 hora à noite ). O uso de meias elásticas com compressão suave também é recomendado. Normalmente, as pernas e os pés começam a inchar após o 2° trimestre da gravidez.

ESTRIAS CELULITE E VARIZES

GESTAÇÃO: beleza em evidência

 

Uma das causas do aparecimento das estrias é o aumento de peso. Muitas vezes elas podem ser prevenidas com boa alimentação, acompanhamento pré-natal adequado e o uso diário de hidratantes de boa qualidade.

Aposte na massagem para prevenir-se! Massageie com frequência a barriga e as mamas, para dar mais elasticidade à pele, ajudando a ativar a circulação sanguínea nas regiões. Vale lembrar que essas massagens devem ser feitas diariamente, principalmente nas regiões com maior tendência ao aparecimento de estrias. Aproveite o momento de passar o creme para dar esse mimo ao seu corpo.

O fator genético faz toda a diferença quando o assunto é celulite, mas durante a gestação ocorre uma significativa alteração hormonal no organismo, que resulta naqueles “buraquinhos” nas nádegas e coxas. Para evitar e combater a celulite é indicada a prática de exercícios leves, como natação, caminhadas e ginástica localizada ( sempre sob orientação ). A ingestão de 2 litros de água por dia e massagens com creme, também são eficazes.

Outro problema comum durante a gestação, são as varizes. O modo mais eficiente de evitá-las é com o uso de meias elásticas de compressão leve nos primeiros 5 meses, e de média compressão até o final da gravidez. Para as mulheres que já tinham varizes antes de engravidar, o melhor é  começar usando meias de média compressão, e, após o quinto mês, dependendo da gravidade, passar para alta compressão.

Fonte: Revista Mamães em Foco – Legrand

Esta entrada foi publicada em derme, Dicas de beleza, gravidez, hidratação, saúde da derme e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− sete = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>