O que pode originar uma depressão durante o pós-parto?

depressão pós parto

Muitos casais sofrem em relação a pós-parto, o que implica na separação de ambos. A melhor forma de não deixar isso acontecer, é saber porque acontece quadros de depressão pós-parto em casais, um problema que não é apenas da mãe. Clique em ler mais e boa leitura.

Nesse artigo vamos falar sobre o que origina crises pós-parto em familias recém criadas.
A maior dúvida das pessoas se concentra em que exatamente ocasiona a famosa depressão de pós-parto, seriam então os hormônios os culpados? Seria o cansaço? Indecisão? e na verdade, são todos os culpados por ocorrer esse tipo de crise no casal.
A mulher deve entender que, no momento em que é separado o cordão umbilical dela entre a criança, a criança já não é dela, mas continua sendo. Ela deve entender que nesse momento por mais que ela goste, ninguém é afiaxo em ninguém. Mesma coisa quanto o pai ver que ele pode ter a criança no colo, ele pode perceber que ele também deve cumprir seu papel com a criança e com a mãe. A nossa cicatriz, o umbigo, é o inicio da depressão feminina nessas condições, pois ela percebe que já perdeu esses vínculos. Isso somado a falta de carinho e atenção por parte do marido, familia, amigos, e de quem estiver por perto, acaba forçando para o lado negativo do relacionamento e decaíndo sobre a depressão do casal. O recomendável, é que o mesmo casal procure quem lhes atendendeu durante a gestão da mulher e dê conselhos conversas entre o casal, acompanhado de sessões com a família e parentes de ambos lados. Em casos mais avançados desse tipo de depressão, o fator mais perigoso de psicose. Isso é extremamente perigoso, quando até mesmo é arriscado deixar a mãe perto da criança, nesse ponto ao acontecer já necessário além de uma certa atenção, colaborar com medicamentos para a mãe. É de importância extrema que tenha algum parente para atentar-se quanto a criança e mãe. Uma forma de evitar esse mal, é que a futura mãe já faça os exercícios indicados pelo ginecologista já no pré-natal, e com muita atenção da familia em geral, ajuda a liberar endorfina, que é um hormônio relacionado a prazer, felicidade. Isso ajuda na recuperação corporal e como se sentir melhor antes e depois da gravidez. Para a mãe não ter falta de leite, é super importante que ela esteja hidratada, bem alimentada com alimentos indicados, não ligar para típico conselho de sogra ou amiga dizendo algo como coma muito disso e daquilo, e na verdade, a mãe têm que se alimentar bem de proteínas mas de forma balanceada. Pois consumindo mais do que ela pode ter sido recomendada resulta em ganhos de peso que serão muito difíceis de perder mais tarde. Nunca se esquecer que além do que pode ter lido aqui, não dispensa a função de um profissional da saúde, esse artigo serve apenas para uma consulta de dúvidas.

 

Jonathan Silva

Esta entrada foi publicada em aparência, cabelo, derme, Dicas de beleza, rosto, Saúde, saúde da derme e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


3 × = seis

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>