Bronquiolite – Sinal de Asma?

inalacao-bebe

 

Nos primeiros meses, a cada resfriado, o peito do neném chia, a respiração fica curtinha e o peito afunda, desesperando as mães.

E independentemente do frio, as alergias-não só as respiratórias como as alimentares e as de contato- cresceram quase 20% nos últimos 10 anos, fruto da maior exposição aos agentes alergênicos potencializados pelo nosso estilo de vida nos dias de hoje, em que as pessoas passam a maior parte do tempo em ambientes fechados. No Brasil, uma em cada quatro crianças tem alguma forma de alergia. E de 10 a 20% delas sofrem de asma – doença alérgica inflamatória que atinge o pulmão, causando estreitamento brônquico e dificuldade na passagem do ar. Mas tudo pode começar com uma bronquiolite – infecção dos brônquios, geralmente causado pelo vírus sincicial respiratório, que começa com um resfriado mais forte em bebês e em torno dos seis meses.

Os primeiros episódios de chiado nem sempre são sinais de uma asma. Nos primeiros meses, a cada resfriado, o peito do neném chia, a respiração fica curta e o peito afunda, desesperando as mães. Nesses casos geralmente, o pequeno desenvolveu uma bronquiolite. Ao entrar em contato com algum elemento alérgeno ou um vírus, há uma inflamação dos brônquios. Na maioria dos casos, a bronquiolite evolui bem, sem maiores complicações.

Habitualmente o curso da doença é de 14 dias a partir dos primeiros sintomas de “resfriado”. O pico de piora dos sintomas costuma ocorrer entre 5 e 7 dias. A recuperação completa geralmente se dá em uma ou duas semanas, mas pode demorar mais tempo em alguns casos. Os casos mais graves são aqueles em que o bebê apresenta dificuldade respiratória, sendo necessário em alguns casos hospitalização para suporte de medicamentos e oxigênio.

Nem todas as crianças que chiam desenvolvem asma – somente um terço delas. Após os três anos, sim, caso a criança tenha crises de chiado e episódios recorrentes de bronquiolite, pode-se avaliar a possibilidade de ela ser asmática. A asma é uma inflamação recorrente dos pulmões e brônquios. Cerca de 80% das crises de asma têm causa alérgica, mas infecções por vírus e o contato com cigarro também pode desencadear uma crise.

 

Esta entrada foi publicada em bronquiolite, crianças, distúrbios respiratórios em crianças, doenças respiratórias, Saúde, saúde das crianças, saúde do bebê, saúde infantil e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ 7 = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>