Malefícios do Tabaco

cigarroPode ser que quando começamos a fumar não notemos, mas o tabaco prejudica gravemente nossa saúde cardiovascular e pulmonar, podendo afetar ainda o sistema digestivo.

O tabaco tem sido durante muitos anos uma droga socialmente aceita.
Além disto, seu consumo tem sido de alguma maneira incentivado pelos próprios governos, graças ao dinheiro que recolhiam através dos impostos que estavam registrados nos pacotes de cigarros, o tabaco passou a fazer parte de nosso cotidiano uma consequência de que estava tão presente, especialmente em espaços fechados, era que as pessoas não fumantes viam-se prejudicadas pelo consumo que faziam os demais, já que também respiravam a fumaça.
Felizmente, isto tem começado a mudar em muitos países, começa-se a legislar para limitar o consumo de tabaco nos espaços fechados. Por exemplo, a medida propicia que ninguém tenha que aceitar respirar uma concentração alta de fumaça em troca de manter seu posto de trabalho.

Que efeitos são produzidos?
A nicotina é o elemento em que se baseia a adição ao tabaco. Este componente, longe de ser una substância relaxante, tem um efeito estimulante. Então, por que a maioria dos fumadores pensa que os acalma?
A percepção da nicotina como um ansiolítico se deve ao fato de que seu consumo elimina a ansiedade pela falta desta, não a causada por outros elementos estressantes de nossa vida.
• Fadiga precoce
• Perda de apetite
• Alterações do ritmo do pulso
• Cor Amarela de unhas e dentes
• Mau hálito da boca

Fatores que influenciam no efeito do tabaco na nossa saúde:
Os efeitos prejudiciais do tabaco não são sofridos com a mesma intensidade. A seguir, vamos falar de quatro fatores que modulam o efeito desta droga sobre o nosso corpo. Estes são:
• A quantidade de tabaco consumida diariamente
Quanto maior o número de cigarros que fumamos, mais rápido e acentuado é o dano. Um cigarro por dia faz dano, mas uma carteira inteira faz muito mais.
• Idade na qual o consumo começou
Quanto mais cedo tenha sido o começo, maiores são os seus efeitos prejudiciais, especialmente se o consumo começou em um momento em que nossos órgãos não estavam totalmente formados.
• A maneira como fumamos
Existem vários modos de fumar. Entre os mais destacados está a manutenção da fumaça na boca, aspirando-a profundamente ou a expulsando. A inalação profunda ou a retenção da fumaça aumentam os riscos do tabaco.
• Tipo de cigarro
Aqueles que têm filtro ou uma menor quantidade de nicotina terão menores efeitos prejudiciais do que aqueles que não o utilizam, recebendo diretamente todas as substâncias nocivas.

Como o tabaco afeta os diferentes sistemas de nosso corpo:
• Sistema respiratório
• Sistema circulatório
• Sistema digestivo

Aryã Vassura

Esta entrada foi publicada em Dicas de beleza e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


um × = 9

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>