Unhas e Micoses

unhas-fracasProblemas de descamação nas unhas? Unhas quebradiças? As causas podem ser diversas, então acompanhe o post.Nossas unhas tem várias camadas que são interligadas por pontes de dissulfeto e hidrogênio, quando mexemos muito com água e produtos de limpeza as unhas ficam ressecadas e essas ligações ficam fracas, ocasionando na descamação.
A unha fraca pode ser herança genética ou sinal de que falta alguma coisa no nosso organismo. Procure o motivo dessa fraqueza. A idade, falta de vitaminas, excesso de esmaltes sem intervalo de tempo, umidade e doenças como hipotireoidismo e anemia também podem ressecar as unhas. Use hidratantes e óleos e quando for manusear produtos de limpeza utilize luvas para limpeza.

Micose

Tanto nas mãos quanto nos pés a micose pode ser confundida com ressecamento.

• Micose nas unhas das mãos: muito confundida com o ressecamento do esmalte, é provocada pela candidíase e se prolifera principalmente com nossa imunidade baixa. Pode ocorrer pela falta de intervalo entre o uso de esmaltes, em pessoas com diabetes e imunidade baixa. Normalmente o tratamento é feito com medicamento tópico.

• Micose nos pés: a micose nas unhas dos pés pode ser percebida pela aparência da unha grossa, oca, com acumulo de massinha embaixo da unha e manchas brancas ou amareladas. O tratamento geralmente é feito com antifúngico ou esmalte manipulado com medicamento.

• Como diferenciar a micose do pé seco: quando ocorre uma descamação na lateral do pé e sobe um pouco é micose; calcanhar seco, grosso e descamado é falta de hidratação.

Pé frio

Nosso organismo procura manter a temperatura do corpo, então as extremidades fecham os vasos diminuindo a circulação para que a temperatura seja mantida em outras partes mais importantes do corpo. Porém quando isso ocorre de repente e é acompanhado de outros sintomas como pé arroxeado e perde de sensibilidade, pode estar ocorrendo uma interrupção da passagem do sangue e passa a ser preocupante, pois pode haver um bloqueio nas veias, impedindo que o sangue retorne para o coração, ficando acumulado nos pés ou artérias. Pode ser também sintoma de algumas doenças como a doença obstrutiva arterial crônica, aterosclerose e vasculite.

Aryã Vassura

Por Bem Estar- Globo

Esta entrada foi publicada em Dicas de beleza e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× 8 = dezesseis

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>